O grande objetivo da Campanha Outubro Rosa é chamar a atenção para uma das doenças que mais mata as mulheres atualmente: o Câncer de Mama. O mês serve justamente como um alerta para que elas façam os exames periódicos, facilitando o diagnóstico precoce e ajudando nas chances de cura.

Conheça os principais fatores de risco:

  • Ser mulher. 99% dos casos ocorrem com mulheres;
  • A partir dos 50 anos o risco aumenta;
  • Início precoce da menstruação (antes dos 12 anos) e menopausa tardia (depois dos 55 anos);
  • Sedentarismo, sobrepeso e obesidade após a menopausa;
  • Consumo excessivo de álcool e cigarros;
  • Primeira gravidez após os 30 anos ou não ter tido filhos;
  • Uso de hormônios na menopausa;
  • Radioterapia na região do tórax para tratamento de outro câncer durante a adolescência;
  • Histórico familiar de câncer (apenas 5 a 10% dos casos da doença estão relacionados à hereditariedade).

Um pouco da história: O movimento teve início nos Estados Unidos, na cidade de Nova Iorque, em 1990. A Fundação Susan G. Komen for the cure promoveu uma corrida para arrecadar dinheiro e também informar e alertar sobre o câncer de mama. Todas as pessoas que participaram da corrida usaram um laço rosa na altura do peito. Hoje, ele se tornou o símbolo do movimento. No Brasil, a campanha Outubro Rosa chegou em 2002 e tem sido um grande sucesso na disseminação de informações e conscientização sobre a doença.